Loja Online, 10 dicas úteis para o seu Ecommerce 07.Apr.2020

Os Ecommerces perdem 40% do faturamento por problemas e dificuldades de uso. Após publicarmos a maneira correta de se criar um Blog, criamos um Guia de práticas para lojas online permite que você analise o seu negócio:

 

1. A página inicial convence o visitante em 10 segundos?

 

Isso mesmo: 10 segundos é o limite de tempo que um visitante investe em uma home page (ou webpage) para encontrar algo que corresponda ao que procura (uma informação, um produto, um contato, etc.).


Boas Práticas:

  • Logotipo / site da empresa;

  • Nome da empresa / website;

  • Resumo do benefício e ramo / atividades da sua empresa;

  • As informações, produtos, serviços que você encontra no site;

  • Pesquisa;

  • Serviços de assinatura: newsletter, loja online, etc ..

O Que Evitar:

  • Páginas de entrada (mesmo que o objetivo seja a escolha do idioma!);

  • Janelas que abrem automaticamente;

  • Upload de arquivos em flash;

  • Música.


2. O site é fácil de navegar?

 

A navegação é a atividade do visitante ao navegar pelas páginas da web. A baixa navegabilidade é responsável por 80% dos problemas de usabilidade. Uma "navegação fácil" significa que o usuário encontra os conteúdos organizados e designados corretamente e em sua perspectiva.

Durante a navegação, você deve sempre saber de onde vem, para onde está e para onde "ir". Todas as áreas devem estar permanentemente acessíveis através de menus fixos, ou seja, links que nunca desaparecem.


Boas Práticas:

  • Vários menus de navegação;

  • Separação de tipos de conteúdo;

  • Colocando os menus nas respectivas barras de navegação.

Deve Ser Evitado:

  • Menus que mudam ou desaparecem;

  • Menus animados que demoram para abrir ou fechar;

  • Submenus com 3 ou mais níveis.


3. Os conteúdos deverão ser acessados em 3 cliques


Parece impossível, mas todos os conteúdos (produtos, serviços, informações relevantes), devem estar dentro de 3 (sim, 3) cliques. Isso requer não só uma excelente estrutura dos conteúdos, mas também a aplicação dos conceitos de boa navegabilidade, uma vez que também conta um link para um conteúdo "errado".


Praticável:

  • Estruturação do conteúdo em categorias de até 3 níveis de hierarquia;

  • Crie links diretos (links profundos) para categorias ou conteúdos em sub-hierarquias;

  • Identifique o conteúdo popular e coloque-o na página inicial;

  • Fornecendo uma pesquisa;

  • Aplicar os conceitos de boa navegabilidade.

Evitar:

  • Categorias com vários níveis;

  • Não sobrecarregue as páginas com conteúdo;

  • Nomes e conteúdo de categorias confusos;

 

4. Textos Legíveis


O tamanho da fonte e o contraste devem permitir uma leitura fácil por grupos de usuários em potencial. Quanto mais alta a faixa etária, maior o tamanho da fonte e o contraste. E os visitantes que não conseguem ler o conteúdo desistem e saem do site.


Melhores Praticas:

  • Fonte Sans-Serif ", como Arial ou Verdana (veja a explicação sobre Sans-serif na Wikipedia);

  • Tamanho adequado para a faixa etária;

  • Contraste: Letra escura em fundo claro (o ideal é preto em branco);

  • Permitir que o usuário copie ou imprima o texto;

Você deverá Evitar:

  • Texto em Serif;

  • Tamanho de fonte pequeno;

  • Contraste fraco na letra e no fundo;

  • Imagens ilegíveis.


5. As imagens comunicam?


Mas as imagens também devem contribuir para uma boa comunicação online e permitir uma fácil "leitura".

Loja Online, 10 dicas úteis para Ecommerce


Práticas Recomendadas:

  • Mostrar nas imagens o essencial através da aplicação da técnica do "corte inteligente", o corte mais inteligente. (Mais informações sobre cultura mais inteligente);

  • Trate as imagens para ter um aspecto profissional (Aprenda a tratar as imagens);

  • Pegue os fundos e as imagens "limpas" (Aprenda a tirar os fundos das imagens);

  • Aplique efeitos que melhoram produtos ou serviços (como aplicar um reflexo).

Evite:

  • Imagens apenas decorativas e não relacionadas ao conteúdo;

  • Imagens de má qualidade;

  • Imagens com fundos que não correspondem ao site;

  • Imagens que desvalorizam seus produtos ou serviços.


6. Os textos devem ser adaptados para a Web


Os textos publicados em seu site, devem ser adaptados para leitura na tela e no ambiente da Internet. O mesmo cliente, que passa muito tempo folheando um folheto, consulta seu site com objetivos concretos e em busca de informações específicas. E desta vez, sem tempo e sem paciência. Aprenda como a Internet mudou o Copywriting.


As Boas Práticas:

  • Conteúdo orientado ao usuário;

  • Os títulos devem chamar a atenção dos visitantes;

  • Estruture bem o conteúdo;

  • Escreva frases curtas;

  • Use palavras simples;

  • Escreva conteúdo informativo.

O que Deve Ser Evitado:

  • Uso de textos não projetados para a Web;

  • Use uma linguagem comercial e subjetiva;

  • Omitir informações;


7. O uso adequado das animações


As animações, na sua maioria concebidas em tecnologia Flash, devem enriquecer a informação e utilização do site, por exemplo um filme que ajude a conhecer o potencial de um produto. Um site totalmente construído com essa tecnologia costuma atrapalhar a navegabilidade (leia-se “usabilidade”), por não aplicar padrões de navegadores que os usuários sabem usar (por exemplo, o elevador para navegar em um conteúdo para cima ou para baixo).

Por outro lado, dificulta a visibilidade em buscadores como o Google, uma vez que não encontram uma página física para cada conteúdo. E apenas nas versões recentes do Flash, os motores de busca podem indexar conteúdo. O conteúdo de sites criados em versões anteriores são simplesmente ocultados para mecanismos de pesquisa e para usuários da web.

Loja Online, 10 dicas úteis para Ecommerce

Não quero dar a impressão de ser um fundamentalista contra a tecnologia Flash, porque na realidade é exatamente o contrário. Sem essa tecnologia, a Web não teria sites como o YouTube ou apresentações fantásticas em som e imagem.


As Melhores Práticas:

  • Use animação apenas para melhorar a comunicação em situações específicas;

  • Ilustrar o funcionamento de produtos ou serviços por meio de tutoriais e manuais;

  • Mostrar vídeos ou filmes com tecnologia Flash;

  • Disponibilize jogos interativos.

Deverá Ser Evitado:

  • Sites totalmente com conteúdo em Flash;

  • Conteúdo de texto em Flash;

  • Menus de navegação em Flash;

  • Use mais de uma animação por vez.


8. Existem informações e conteúdos jurídicos?


A Internet é um espaço virtual, até mesmo virtual demais para muitos gostos. O abuso do anonimato, a fraude e outras experiências geram uma desconfiança natural nos usuários, que cada empresa tem de quebrar online em seu site. Isso se aplica especialmente em lojas online.


As Boas Práticas:

  • Identificar e destacar a existência da empresa;

  • Identificar Endereço;

  • Identificar Telefone e fax;

  • Exibir o Registro da empresa;

  • Coloque o endereço e o número de telefone no rodapé de todas as páginas (sim, em todas);

  • Apresentar com transparência os termos e condições;

  • Aplique padrões no carrinho de compras.

Evitar:

  • Dificulta a localização de contatos, endereço, entre outros;

  • Forneça apenas o número de um telefone celular;

  • Use apenas um tipo de e-mail "@ hotmail.com" ou "@ gmail.com";

  • Omitindo informações obrigatórias (para lojas online, os termos e condições).


9. A imagem da empresa transmite profissionalismo?


Uma das frases mais antigas e utilizadas pelos vendedores de sites é: "O seu site é o cartão de visita da sua empresa na Web". Na prática, e peço desculpas pelo trabalho de outros consultores, agências ou freelancers dessa forma, parece que a maioria desses vendedores não se lembra do seu slogan. Mas quanto ao conteúdo do slogan, concordo plenamente. Portanto, a avaliação deste critério é fundamental.


Boas Práticas:

  • Impressione, pelo lado positivo, no primeiro contato com o site;

  • Redação de conteúdo de qualidade (rico em informações, objetivos e informações);

  • Use um estilo de comunicação amigável;

  • Aplicar um aspecto gráfico sólido e de acordo com a sua marca e posicionamento;

  • Use o logotipo em perfeitas condições;

  • Coerência e consistência;

  • Consistência e coerência;

  • Consistência e consistência;

  • O texto dos três últimos pontos não é por engano. Simplesmente reflete sua importância.

O que deve-se evitar:

  • Imagem deformada de sua empresa ou marca;

  • Aparência descuidada;

  • Apresentação confusa;

  • Textos pobres "em termos de informação e redação.


10 - O site está visível nos mecanísmos de busca?

Loja Online, 10 dicas úteis para Ecommerce

Faça um teste: pesquise um termo relacionado aos seus produtos ou serviços, um termo que seus clientes usariam. Certamente não é o nome da sua empresa. Se nenhuma referência ao seu site aparecer nas duas primeiras páginas de resultados, no máximo na terceira, você terá que pagar. Pague o Google pelos anúncios do AdWords.


O que Deve Ser Praticado:

  • Insira um título, uma breve descrição e as palavras-chave relevantes e apropriadas em cada página;

  • Aplique um vocabulário diversificado, incluindo sinônimos;

  • Escreva conteúdo de qualidade;

  • Use links para outros conteúdos e outros sites;

  • Crie um mapa do site;

  • Envie o site para o Google.

Evite:

  • Repita em todas as páginas o nome da empresa no título do conteúdo;

  • Omita o título, a descrição curta e as palavras-chave;

  • Aplicar versões da tecnologia Flash que evitam a indexação de conteúdo;

  • Não poder acessar páginas concretas diretamente por meio de um endereço. Nesse caso, só podemos acessar a página inicial e seguir os links dos menus de navegação.


Envie-nos mais informações sobre o seu site. Encurte urls de forma rápida e segura com Olha.ai

Estamos nas mídias